Rocha da Pena

Mãe Soberana
Mãe Soberana
13 Março, 2018
Templo Budista do Mallhão
1 Abril, 2021
Mostrar tudo

A Rocha da Pena (479 m) constitui uma das elevações do Barrocal, e localiza-se nas freguesias de Salir e Benafim, concelho de Loulé. Apresenta uma cornija calcária com cerca de 50 metros de altura, cujo planalto atinge aproximadamente 2 quilómetros de comprimento. A ação erosiva da água sobre o calcário deu origem a formações cársicas como a gruta do Algar dos Mouros, que de acordo com a lenda terá sido um local de refúgio dos mouros após a conquista de Salir por D. Paio Peres Correia. A sua importância geológica, arqueológica, ambiental e paisagística determinou a atribuição do estatuto de Paisagem Protegida Local.

Uma das riquezas da Paisagem Protegida é a grande diversidade da sua flora, possuindo mais de 500 espécies, das quais algumas são endémicas e muitas outras são medicinais e aromáticas. Devido à sua localização geográfica, a Paisagem Protegida possui uma grande diversidade de avifauna, tendo sido avistadas cerca de 122 espécies que, na sua maioria, são residentes, embora também se encontrem aves migratórias, invernantes, nidificadoras e estivais. Há muito por desvendar na Rocha da Pena nas grutas de formação calcária mas sobretudo descobrir o enigma do enorme muro de pedras soltas, formando uma espécie de amuralhamento com cerca de 400 metros de comprimento.

Para os amantes do montanhismo e de aventura tem uma interessante falésia com várias zonas de escalada devidamente assinaladas.

A Rocha da Pena é um planalto imenso que proporciona vistas deslumbrantes vestindo de verde o olhar e que pode ser percorrido através de um entusiasmante percurso pedestre de cerca de 7 km, caracterizado inicialmente por uma subida um pouco íngreme e longa, enquanto a parte posterior do percurso é mais acessível de atravessar (dificuldade: fácil – nível 2).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Português